Marvel Powers United VR é o novo jogo de realidade virtual com super-heróis

Por Pedro Zambarda, editor-chefe do Drops de Jogos e da revista Mundo360

Heróis do universo a Marvel estarão no Oculus Rift através do jogo Marvel Powers United VR. Trata-se do novo título de realidade virtual em desenvolvimento pela Sanzaru.

O jogo foi revelado durante o painel de games na D23, e terá batalhas cooperativas para até quatro participantes.

A empresa promete Rocket Raccoon, Hulk e Capitã Marvel jogáveis. Assista ao trailer de anúncio:


Via IGN Brasil

Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.

Startup da baleia 3D em realidade mista pode não entregar tecnologia prometida

Por Kao Tokio, editor-colaborador da Mundo360

Há pouco mais de um ano, a empresa da Flórida Magic Leap ganhou a atenção do mundo com espantosos vídeos que exibiam cenas ao vivo em 3D, prometendo uma tecnologia inovadora para realidade mista e aumentada. De lá para cá, a novidade está envolta em dúvidas do mercado e o projeto, segundo especulações na rede, pode decepcionar os fãs da tecnologia imersiva.

A startup, que conta com sete anos de trajetória, apresentou vídeos como a baleia que emerge em um piso de ginásio de forma extremamente realista, experiências com 3D capazes de confundir as pessoas pelo hiper realismo das cenas e jogos com personagens que pareciam estar no mesmo ambiente que o jogador.

O buzz gerado pela divulgação da novidade foi tamanho que o grupo investidor responsável pelo site de comércio eletrônico Alibaba empenhou cerca de US$ 800 mil no projeto da empresa, como informou o site Investor’s Business Daily.

O artigo citou uma entrevista do co-fundador e CEO da Magic Leap, Rony Abovitz, na qual o executivo explicava não tratar-se em hipótese alguma de uma experiência convencional de VR, descrevendo a tecnologia como um sistema de “computação hiper pessoal”, capaz de unir imagens digitais e o mundo real de forma inovadora e praticamente imperceptível.

Em dezembro de 2016, o site The Information trazia as declarações de um ex-funcionário da startup, explicando que as demonstrações feitas com protótipos e recursos ainda em fase de desenvolvimento não passavam de um exagero de divulgação e que as inovações sugeridas dificilmente chegariam ao consumidor final.

À ocasião, o CEO enfatizou sua crença em conseguir provar que os céticos estavam errados. “Estamos entrando no terceiro ato do filme – aquele com o final legal onde a Estrela da Morte explode”, afirmou.

Em fevereiro deste ano, no entanto, foi a vez do veículo especializado em tecnologia Cnet citar o vazamento de uma imagem do aparelho pela Businesse Insider, colocando em cheque a veracidade do projeto inovador: “O protótipo revelado na história do Business Insider, se assemelhava ao miolo de um PC de mesa enxertado em uma mochila improvisada. Não é exatamente a tecnologia pronta de alta categoria que alguns esperam”, escreveu o articulista Scott Stein.

O desafio da Magic Leap, nesse momento, está em provar que a tecnologia divugada pode realmente projetar imagens diretamente na retina, possibilitando a visualização de objetos tridimensionais virtuais como se fossem parte do mundo real.

Rony Abovitz parece firmemente empenhado em erradicar todas as dúvidas de público e mídia: o público terá um vislumbre da tecnologia atual “muito em breve”, disse o CEO durante a conferência Fortune’s Brainstorm Tech em Aspen, no Colorado, EUA.

Assista abaixo ao vídeo da baleia, produzido pela empresa:


Outras apresentações da tecnologia podem ser conferidas no site I Am VR, exibindo um game com os androides de Star Wars e com um mimoso elefante.

Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.

Pioneira no Brasil em VR, Revista Mundo360 chega ao 1º ano de vida

Por Kao Tokio, editor-colaborador da Mundo360

A Revista Mundo360, primeira publicação nacional a veicular informações sobre realidade virtual, aumentada e mista, chega ao primeiro ano de atividades com a audiência crescente. E a publicação traz grandes projetos para o novo ano.

Em 16 de junho de 2016, a empresa Esconderijo das Crianças lançava o primeiro número impresso da publicação, no evento BRVR, realizado em São Paulo.

Com tiragem de 10 mil exemplares, o projeto incluía um cardboard para ser montado pelo próprio leitor para testar a experiência imersiva proporcionada pelos vários artigos com links, apresentados na revista. A experiência demonstrou imenso potencial, comercializada em bancas de jornal na cidade de São Paulo e pelo site da editora.

Com aceitação viral do conteúdo disponibilizado na revista e o crescente número de pedidos, o Esconderijo das Crianças não demoraria a lançar o site da revista, com artigos diversos, links para experiências online e vídeos exclusivos com exibição de conteúdo interativo com a tecnologia de captura de imagens em 360 graus.

De acordo com as informações de Rodrigo Dias Arnaut, idealizador e diretor do projeto, a Mundo360 iniciou a partir da inspiração artística gerada durante o festival de cultura e tecnologia SXSW, que se realiza anualmente em Austin, Texas, nos EUA. “Agora, estamos criando ambientes virtuais e a [avenida] Paulista, nosso celeiro, será nosso primeiro case”, comentou o criador em um entusiasmado post na rede, em comemoração ao primeiro aniversário da revista.

Arnaut, que também é especialista em estratégias de engajamento multiplataforma, destacou, em entrevista ao site especializado em mídia, Adnews, na ocasião de lançamento do projeto, que o veículo é “um novo conceito de revista que oferece ao leitor um ‘pacote de experiências’, conduzindo-o a um mundo único, imersivo e fantástico”. “Nós, do Esconderijo das Crianças, ao desenvolver e criar a Revista Mundo360, tivemos como motivação levar essa experiência a um maior número de pessoas, por um preço acessível e que pudesse chegar facilmente em bancas de jornal”, enfatizou.

Agora, a equipe de produção da revista vem dando ênfase aos registros em vídeo de inúmeros eventos nacionais e estrangeiros, que permitem navegação, através da tecnologia com imagens em 360º. A seção de vídeos da página oficial da revista no Facebook, apresenta registros panorâmicos de várias locações em Cannes, na França, e fesdtivais como o XX Congresso Mega Brasil Inovação e Comunicação, em São Paulo, Path, no Rio de Janeiro, e Campus Party 2017, entre outros. A publicação também esteve na E3 2017 através do site Drops de Jogos.

Com mais de 40 colaboradores diretos e indiretos, a Mundo360 alcançou mais de 100 mil visualizações nos cerca de 100 artigos produzidos nesse período, através dos acessos público no blog e fanpage da revista. A distribuição da mídia física, cujo segundo número já está em produção, foi realizada também em eventos de tecnologia e comunicação por todo o páis e também no exterior.

Ao custo unitário de R$ 19,90, incluindo o cardboard, a edição nº 1 ainda pode ser encontrada em bancas de jornal especializadas em tecnologia ao longo da avenida Paulista, em São Paulo, e no site da editora. Outras opções de aquisição incluem diferentes aparatos para a imersão interativa dos conteúdos da publicação e do site.

Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.

VR é destaque da Bethesda e dos independentes na E3 2017

Por Pedro Zambarda, editor-chefe do Drops de Jogos e da revista Mundo360
Com reportagem de Los Angeles (EUA)

Novo Wolfenstein II e The Evil Within 2 não foram suficientes para mostrar a verdadeira vocação da Bethesda Softworks na E3 2017, a maior feira de games do mundo. A desenvolvedora mostrou mesmo que o que quer empurrar para a indústria é realidade virtual.

Fez isso dando coro para a Microsoft – que deu espaço para a Mojang de Minecraft explorar 4K e VR, além do novo console Xbox One X, antigo Scorpio. A Bethesda mostrou em sua conferência no dia 11 de junho (que rodou na madrugada do dia 12 no Brasil, à 1hr) que Doom VFR e Fallout VR serão lançados.

Deu à conferência o nome de “Bethesdaland”, o que caberia fácil num evento separado deles.

Dentro do showfloor da E3, eles exibiram cabines separadas para o novo Doom e Fallout 4 VR. Com HTC Vives conectados, mostraram que a realidade virtual veio com tudo para shooters hardcore.

Juntaram-se ao IndieCade, evento de games independentes que se alongou na festa The Mix à noite, na exibição de VR da grande indústria de jogos.

O Drops de Jogos e a revista Mundo360 estiveram em Los Angeles para acompanhar as novidades de perto.




Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.

Crytek junta forças com a Oculus para “VR locomotivo”

Por Pedro Zambarda, editor-chefe do Drops de Jogos e da revista Mundo360

A Crytek juntou forças com a Oculus, dona do Rift e parte do Facebook, para desenvolver VR em movimento, diz post em blog oficial. A informação vem de Julius Carter, desenvolvedor de games em realidade virtual que anuncia as novidades.

As inovações estão sendo aplicada aos jogos digitais The Climb e Robinson: The Journey. As principais mudanças, pensando que o Oculus Rift é uma experiência mais estanque em relação ao HTC Vive, estão na rotação da cabeça.

Veja um playlist sobre estes experimentos.


Via RoadtoVR

Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.

Festival Path é o “SXSW brasileiro” e você precisa ficar atento com ele

Por Pedro Zambarda, editor-chefe do Drops de Jogos e da revista Mundo360

Festival Path aconteceu entre os dias 6 e 7 de maio de 2017 no bairro de Pinheiros em São Paulo. O evento ocupou um espaço aberto e diferentes locais, tais como Instituto Tomie Ohtake, Praça dos Omaguás, Teatro Cultura Inglesa, Centro Cultural Rio Verde, FNAC, além de shows ao vivo com presença de YouTubers como Cauê Moura e outros.

É a quinta edição do festival brasileiro e ele tem forte inspiração no South by Southwest (SXSW), evento que acontece desde 1987 nos Estados Unidos reunindo música, cinema, inovação e tecnologia neste clima hippie de céu aberto, com shows.

O Esconderijo Criativo trouxe a revista Mundo360, o óculos de realidade virtual Loox e colocou chips com tecnologia NFC para os visitantes que tinham interesse em visitar palestras sem carteirinha do evento, tudo em parceria com o site de games Drops de Jogos. A empresa carioca YDreams, filial da companhia internacional de mesmo nome, exibiu um telão com assuntos comentados no evento no Twitter, via hashtags, para a construção de figuras em realidade aumentada. Essa mesma empresa trabalhou com experimentos em VR na Copa do Mundo, pela Coca-Coca, e com a Natura.

Drops de Jogos participou de uma discussão sobre “discoverability” nos videogames, a forma de encontrar games nas lojas, com Paulo Luis Santos (Flux Game Studio), Jesús Fabre (Aquiris Game Studio) e Pablo Miyazawa (IGN Brasil).

Houve também a exibição de jogos brasileiros, como Galaxy of Pen and Paper e alguns em VR – Lila’s Tale e The Rabbit Hole.

Se você não ouviu falar sobre este evento, é bom ficar de olho.

Ou dar uma conferida nos vídeos que foram feitos .

Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.

EraTransmidia e Esconderijo Criativo mostram trabalhos no Festival Path

Por Pedro Zambarda, editor-chefe do Drops de Jogos e da revista Mundo360

O cinegrafista José Renato Bergo, do grupo EraTransmidia, registrou as atividades da entidade no Festival Path, no começo de maio.

Esconderijo Criativo, com os veículos Mundo360 e Drops de Jogos, esteve no evento.

Confira o vídeo.


Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.

Deluxe Audio Strap será lançado pela HTC em 6 de junho

Por Pedro Zambarda, editor-chefe do Drops de Jogos e da revista Mundo360

A HTC, empresa de Taiwan, anunciou no dia 2 de maio que seu Deluxe Audio Strap será lançado em 6 de junho. O acessório é um headset com mais adaptações para uso do dispositivo de VR.

A ideia da ferramenta é justamente ele ficar mais fixo na cabeça dos usuários. Considerando que o HTC funciona em movimento, o acessório deve evitar acidentes no uso.

Confira mais informações no blog oficial da HTC.

Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.

O que fundador da Atari acha sobre VR?

Por Pedro Zambarda, editor-chefe do Drops de Jogos e da revista Mundo360

Nolan Bushnell, o criador da Atari que fez sucesso nos anos 70 e dominou a indústria dos videogames, escreveu no Twitter sobre seus pensamentos acerca da realidade virtual. O desenvolvedor norte-americano estará em outubro no Brasil para a BGS 2017.

Escreveu Nolan em 9 de fevereiro: “VR pode se tornar viciante? A maioria dos escritores de ficção científica acha isso. Eu acho que será legal em doses moderadas”.

nolan-twitter-2

O comentário do fundador da Atari é similar ao de Shigeru Miyamoto, gigante da Nintendo criador de Zelda e Mario. Ele disse que fica preocupado “como um pai veria seu filho usando VR”.

Será que os grandes nomes dos games não acreditam muito em realidade virtual?

Talvez acreditem, mas em “doses moderadas”.

Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.

Visionary, de Bruna Paese, vence hackaton da IBM em VR com 700 entusiastas

Por Pedro Zambarda, editor-chefe do Drops de Jogos e da revista Mundo360

No final de março, a empreendedora Bruna Paese teve uma grata surpresa. Venceu o hackton da IBM Brasil que contou com 700 pessoas. O evento BlueHack aconteceu em São Paulo e Bruna foi reconhecida após sua iniciativa Viives de fazer fotografias em 360 graus na Europa.

A empresa que ela representou foi a Visionary, reconhecida como a melhor em realidade virtual no encontro. Bruna trabalhou com Rogerio Lima, Cláudio Ávila, Antônio Vinicius e Pedro Porta no desenvolvimento da ideia. O evento teve 180 mentores e 33 juízes de mercado para criar e eleger as ideias mais interessantes divididas em quatro grandes pilares: Bots, chatbots, realidade virtual e agroindústria. Ao todo, 70 ideias foram apresentadas.

Confira os 70 projetos apresentados aqui. E no site www.bluehack.org você pode acompanhar e participar dos próximos meetups e eventos promovidos pelo programa.

Os ganhadores

Desafio Agro
1o lugar – AgroSolutions
2o lugar – LVL 1
3o lugar – Groot

Desafio TJ Bots
1o lugar – Poran
2o lugar – Manoel
3o lugar – Rosa

Desafio Chatbots
1o lugar – IARA
2o lugar – BotUp
3o lugar – Ollie

Desafio VR
1o lugar – Visionary
2o lugar – VR Guide
3o lugar – Visual Interaction

Via Tecmundo

Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.