Captando uma volta em 360 corações

transplant

por Jaqueline Viana

Neste ultimo domingo, dia 03 de dezembro foi comemorado 50 anos do primeiro transplante cardíaco entre seres humanos ocorrido na África do Sul.

No Brasil, a primeira operação ocorreu seis meses depois mas o receptor sobreviveu por menos de um mês, pois na época não existiam drogas eficazes contra a rejeição e o paciente sofreu uma infecção durante o procedimento.

No Brasil, estima-se que existem mais de 250 pacientes sob a espera deste enxerto.

Um dos maiores diagnósticos para a indicação do transplante é a insuficiência cardíaca (IC) em que o coração não consegue bombear sangue suficiente para suprir as necessidades de oxigênio e nutrientes do organismo. Os portadores de IC são limitados, pois, com facilidade, têm falta de ar e os tornozelos podem inchar. Para complicar mais a situação, o coração pode apresentar distúrbios do ritmo cardíaco – as arritmias.

A recusa familiar ainda tem um número expressivo que impossibilita a doação deste órgão, as estatísticas apontam 40%.

Em outubro, foi lançado um curta-metragem – Me de de presente o teu BIS (PT-BR)/ Give me Your BIS (EN) gravado com uma câmera 360 que trata de um manifesto de doação de órgãos e a equipe responsável pelo trabalho gravou a remoção de um coração de um doador falecido, onde apresentam um trecho na obra para compor o entendimento da narrativa. Os desafios deste trabalho foram inúmeros, pois alem da inexperiência de gravação deste tipo de mídia e um prazo apertado para a submissão do trabalho, a equipe não contava com equipamentos sofisticados, mas se esforçaram para produzir uma boa historia.

O filme foi inscrito para concorrer em 3 categorias no VR Days na Holanda, ele não levou o prêmio, mas se foi capaz dar um “giro” em 360 corações sensibilizando as pessoas quanto ao tema, cumpriu a sua missão e isso é o que desejamos para os próximos trabalhos de 360 e em realidade virtual –  que possibilitem não somente nos entreter, mas também de nos tocar, nos transformar, nos emocionar e nos tornar mais humanos.

“GIVE ME YOUR BIS” – KNOW A NEW 360º FILM ABOUT ORGAN DONATION BY JAQUELINE VIANA

Jaqueline Viana, also a contributor in the Brazilian Magazine – Revista Mundo 360 will participate on October 26, 2017 in one of the biggest Virtual Reality Festivals (VR) in the World – VR Days in Amsterdam, Netherlands, where she will present: “Give me your BIS – a short film filmed in 360º. It is not only a VR film besides a manifesto that proposes the reflection of organ donation.

Jaqueline explains that she thought of “… your BIS” (excerpt from the song “Pro dia Nascer Feliz” of Dead Brazilian singer – Cazuza) to metaphorize the continuity of life.

The production had a special moment that the director officialized an application and obtained the authorization of a hospital to record a transplant and it presents in the short, a heart being removed from the dead body of a boy of 14 years who committed suicide and his family consented the donation of all its organs and tissues. *

This project was attended by friends of Jaqueline who moved by the cause, assisted and performed the production outside of studios and didn’t count on expensive equipment, only with the resources of her and the goodwill of the people, professionals and institutions involved that also decided help and work in knowing the director’s conception.

Enthusiast of Virtual Reality, Jaqueline already had the trip scheduled for the Festival and decided to take the film to compete in 3 categories:

  • Best Upcoming Talent;
  • Best for the Soul; and
  • Best Narrative Fictional Experience

The winners will be announced at the VR Days 2017 Night Award on Thursday, October 26, 2017.

 * ALL IMAGE RIGHTS WERE PRESERVED.

Check out the Teaser * and Movie Synopsis:

* To view in the optimal resolution, change in the Youtube player settings the quality option: 4K.

Synopsis:

Cartaz

Give me your Bis (2017)

A Manifesto About Organs Donation in Virtual Reality

When the importance of life is understood at the time of death there is still hope of continuation and when this continuity through a generous act of bestowal allows that an art to be contemplated, we have the purpose of human existence. Guto wants his father, Paulo, (who is sentenced by a heart disease) interpret the Brazilian singer – Cazuza. Paulo’s wife, Fernanda, suffers with her husband’s possible death and the arrival of her baby, but an accident will promote a fresh start.

Stars: Luana Wernik, Renato Azambuja, Mateus Masson

Director: Jaqueline Viana

Edition and Sound Design: Bruno Ferreira

Screenplay: Érica Campos, Jaqueline Viana

Genre: Short, Drama

Country: Brazil

Language: Portuguese, English

Runtime: 5min (approx)

Release Dates: Netherlands, 26 October 2017 (VR Days Europe, 2017)

“GIVE ME YOUR BIS” – KNOW A NEW 360º FILM ABOUT ORGAN DONATION BY JAQUELINE VIANA

Jaqueline Viana, also a contributor in the Brazilian Magazine – Revista Mundo 360 will participate on October 26, 2017 in one of the biggest Virtual Reality Festivals (VR) in the World – VR Days in Amsterdam, Netherlands, where she will present: “Give me your BIS – a short film filmed in 360º. It is not only a VR film besides a manifesto that proposes the reflection of organ donation.

Jaqueline explains that she thought of “… your BIS” (excerpt from the song “Pro dia Nascer Feliz” do Cazuza) to metaphorize the continuity of life.

The production had a special moment that the director officialized an application and obtained the authorization of a hospital to record a transplant and it presents in the short, a heart being removed from the dead body of a boy of 14 years who committed suicide and his family consented the donation of all its organs and tissues. *

This project was attended by friends of Jaqueline who moved by the cause, assisted and performed the production outside of studios and didn’t count on expensive equipment, only with the resources of her and the goodwill of the people, professionals and institutions involved that also decided help and work in knowing the director’s conception.

Enthusiast of Virtual Reality, Jaqueline already had the trip scheduled for the Festival and decided to take the film to compete in 3 categories:

  • Best Upcoming Talent;
  • Best for the Soul; and
  • Best Narrative Fictional Experience

The winners will be announced at the VR Days 2017 Night Award on Thursday, October 26, 2017.

 * ALL IMAGE RIGHTS WERE PRESERVED.

Check out the Teaser * and Movie Synopsis:

* To view in the optimal resolution, change in the Youtube player settings the quality option: 4K.

Synopsis:

Cartaz

Give me your Bis (2017)

A Manifesto About Organs Donation in Virtual Reality

When the importance of life is understood at the time of death there is still hope of continuation and when this continuity through a generous act of bestowal allows that an art to be contemplated, we have the purpose of human existence. Guto wants his father, Paulo, (who is sentenced by a heart disease) interpret the Brazilian singer – Cazuza. Paulo’s wife, Fernanda, suffers with her husband’s possible death and the arrival of her baby, but an accident will promote a fresh start.

Stars: Luana Wernik, Renato Azambuja, Mateus Masson

Director: Jaqueline Viana

Edition and Sound Design: Bruno Ferreira

Screenplay: Érica Campos, Jaqueline Viana

Genre: Short, Drama

Country: Brazil

Language: Portuguese, English

Runtime: 5min (approx)

Release Dates: Netherlands, 26 October 2017 (VR Days Europe, 2017)


					

“Mê dê de presente o teu BIS” (Give me your BIS) – Conheça um novo Filme em 360º que trata sobre Doação de Órgãos por Jaqueline Viana

Jaqueline Viana, também colaborada da revista mundo 360, participará no dia 26 de Outubro de 2017 de um dos maiores Festivais de Realidade Virtual (VR) do Mundo – VR Days em Amsterdã, Países Baixos onde apresentará: “Give me your Bis” (Me dê de presente o teu Bis) que é um curta metragem trabalhado em 360º. Ele não é só um filme de VR é também um manifesto que propõe a reflexão da doação de órgãos.

Jaqueline explica que pensou no “… teu BIS” (trecho da música Pro dia Nascer Feliz do Cazuza) para metaforizar a continuidade da vida.

A produção contou com um momento muito especial no qual a diretora oficializou um pedido e obteve a autorização de um hospital para gravar um transplante onde apresenta no curta, um coração sendo removido do cadáver de um menino de 14 anos que cometeu suicídio e sua família consentiu a doação de todos os seus órgãos e tecidos.*

Esse projeto teve a participação de amigos da Jaqueline que movidos pela causa, auxiliaram e realizaram a produção fora de estúdios e não contaram com equipamentos caros, somente com os recursos próprios da mesma e a boa vontade das pessoas, profissionais e instituições envolvidas que decidiram também ajudar e trabalhar ao conhecer a concepção da diretora.

Entusiasta de Realidade Virtual, Jaqueline já estava com a viagem programada para o Festival e decidiu levar o filme para concorrer em 3 categorias:

  • Best Upcoming Talent – Melhor Talento Futuro
  • Best for the Soul – Melhor de Alma e
  • Best Narrative Fictional Experience – Melhor Experiência Narrativa de Ficção

 

Os vencedores serão anunciados no Prêmio da Noite do VR Days 2017 na quinta-feira de 26 de outubro de 2017.

 *Todos os direitos de imagem foram preservados.

Confira o Teaser* e a Sinopse do Filme:

*Para visualizar na resolução ideal, altere nas configurações do player do Youtube a opção de qualidade: 4K.

Sinopse

Cartaz

Me dê de presente o teu BIS (2017)

Quando a importância da vida é compreendida no momento da morte ainda há uma esperança de continuação e quando esta continuidade através de um generoso ato de doação permite que uma arte seja contemplada, temos o propósito da existência humana. Guto quer ver a realização do sonho de seu pai, Paulo (que está sentenciado por uma doença cardíaca) interpretando o cantor brasileiro – Cazuza. A esposa de Paulo, Fernanda, sofre com a possível morte de seu marido e a chegada de seu bebê, mas um acidente promoverá um novo começo.

Atores: Luana Wernik, Renato Azambuja, Mateus Masson, Rafael Canela, Ronald Alencar, Dom Johnny & Zeca

Diretor: Jaqueline Viana

Edição e Sound Design: Bruno Ferreira

Roteiro: Érica Campos, Jaqueline Viana

Gênero: Curta-metragem, Drama

País: Brasil

Idiomas: Português, Inglês

Tempo: 5 min (aprox)

Data de Estreia: Holanda, 26 de Outubro de 2017 (VR Days Europe, 2017)

Marvel Powers United VR é o novo jogo de realidade virtual com super-heróis

Por Pedro Zambarda, editor-chefe do Drops de Jogos e da revista Mundo360

Heróis do universo a Marvel estarão no Oculus Rift através do jogo Marvel Powers United VR. Trata-se do novo título de realidade virtual em desenvolvimento pela Sanzaru.

O jogo foi revelado durante o painel de games na D23, e terá batalhas cooperativas para até quatro participantes.

A empresa promete Rocket Raccoon, Hulk e Capitã Marvel jogáveis. Assista ao trailer de anúncio:


Via IGN Brasil

Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.

Startup da baleia 3D em realidade mista pode não entregar tecnologia prometida

Por Kao Tokio, editor-colaborador da Mundo360

Há pouco mais de um ano, a empresa da Flórida Magic Leap ganhou a atenção do mundo com espantosos vídeos que exibiam cenas ao vivo em 3D, prometendo uma tecnologia inovadora para realidade mista e aumentada. De lá para cá, a novidade está envolta em dúvidas do mercado e o projeto, segundo especulações na rede, pode decepcionar os fãs da tecnologia imersiva.

A startup, que conta com sete anos de trajetória, apresentou vídeos como a baleia que emerge em um piso de ginásio de forma extremamente realista, experiências com 3D capazes de confundir as pessoas pelo hiper realismo das cenas e jogos com personagens que pareciam estar no mesmo ambiente que o jogador.

O buzz gerado pela divulgação da novidade foi tamanho que o grupo investidor responsável pelo site de comércio eletrônico Alibaba empenhou cerca de US$ 800 mil no projeto da empresa, como informou o site Investor’s Business Daily.

O artigo citou uma entrevista do co-fundador e CEO da Magic Leap, Rony Abovitz, na qual o executivo explicava não tratar-se em hipótese alguma de uma experiência convencional de VR, descrevendo a tecnologia como um sistema de “computação hiper pessoal”, capaz de unir imagens digitais e o mundo real de forma inovadora e praticamente imperceptível.

Em dezembro de 2016, o site The Information trazia as declarações de um ex-funcionário da startup, explicando que as demonstrações feitas com protótipos e recursos ainda em fase de desenvolvimento não passavam de um exagero de divulgação e que as inovações sugeridas dificilmente chegariam ao consumidor final.

À ocasião, o CEO enfatizou sua crença em conseguir provar que os céticos estavam errados. “Estamos entrando no terceiro ato do filme – aquele com o final legal onde a Estrela da Morte explode”, afirmou.

Em fevereiro deste ano, no entanto, foi a vez do veículo especializado em tecnologia Cnet citar o vazamento de uma imagem do aparelho pela Businesse Insider, colocando em cheque a veracidade do projeto inovador: “O protótipo revelado na história do Business Insider, se assemelhava ao miolo de um PC de mesa enxertado em uma mochila improvisada. Não é exatamente a tecnologia pronta de alta categoria que alguns esperam”, escreveu o articulista Scott Stein.

O desafio da Magic Leap, nesse momento, está em provar que a tecnologia divugada pode realmente projetar imagens diretamente na retina, possibilitando a visualização de objetos tridimensionais virtuais como se fossem parte do mundo real.

Rony Abovitz parece firmemente empenhado em erradicar todas as dúvidas de público e mídia: o público terá um vislumbre da tecnologia atual “muito em breve”, disse o CEO durante a conferência Fortune’s Brainstorm Tech em Aspen, no Colorado, EUA.

Assista abaixo ao vídeo da baleia, produzido pela empresa:


Outras apresentações da tecnologia podem ser conferidas no site I Am VR, exibindo um game com os androides de Star Wars e com um mimoso elefante.

Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.

Pioneira no Brasil em VR, Revista Mundo360 chega ao 1º ano de vida

Por Kao Tokio, editor-colaborador da Mundo360

A Revista Mundo360, primeira publicação nacional a veicular informações sobre realidade virtual, aumentada e mista, chega ao primeiro ano de atividades com a audiência crescente. E a publicação traz grandes projetos para o novo ano.

Em 16 de junho de 2016, a empresa Esconderijo das Crianças lançava o primeiro número impresso da publicação, no evento BRVR, realizado em São Paulo.

Com tiragem de 10 mil exemplares, o projeto incluía um cardboard para ser montado pelo próprio leitor para testar a experiência imersiva proporcionada pelos vários artigos com links, apresentados na revista. A experiência demonstrou imenso potencial, comercializada em bancas de jornal na cidade de São Paulo e pelo site da editora.

Com aceitação viral do conteúdo disponibilizado na revista e o crescente número de pedidos, o Esconderijo das Crianças não demoraria a lançar o site da revista, com artigos diversos, links para experiências online e vídeos exclusivos com exibição de conteúdo interativo com a tecnologia de captura de imagens em 360 graus.

De acordo com as informações de Rodrigo Dias Arnaut, idealizador e diretor do projeto, a Mundo360 iniciou a partir da inspiração artística gerada durante o festival de cultura e tecnologia SXSW, que se realiza anualmente em Austin, Texas, nos EUA. “Agora, estamos criando ambientes virtuais e a [avenida] Paulista, nosso celeiro, será nosso primeiro case”, comentou o criador em um entusiasmado post na rede, em comemoração ao primeiro aniversário da revista.

Arnaut, que também é especialista em estratégias de engajamento multiplataforma, destacou, em entrevista ao site especializado em mídia, Adnews, na ocasião de lançamento do projeto, que o veículo é “um novo conceito de revista que oferece ao leitor um ‘pacote de experiências’, conduzindo-o a um mundo único, imersivo e fantástico”. “Nós, do Esconderijo das Crianças, ao desenvolver e criar a Revista Mundo360, tivemos como motivação levar essa experiência a um maior número de pessoas, por um preço acessível e que pudesse chegar facilmente em bancas de jornal”, enfatizou.

Agora, a equipe de produção da revista vem dando ênfase aos registros em vídeo de inúmeros eventos nacionais e estrangeiros, que permitem navegação, através da tecnologia com imagens em 360º. A seção de vídeos da página oficial da revista no Facebook, apresenta registros panorâmicos de várias locações em Cannes, na França, e fesdtivais como o XX Congresso Mega Brasil Inovação e Comunicação, em São Paulo, Path, no Rio de Janeiro, e Campus Party 2017, entre outros. A publicação também esteve na E3 2017 através do site Drops de Jogos.

Com mais de 40 colaboradores diretos e indiretos, a Mundo360 alcançou mais de 100 mil visualizações nos cerca de 100 artigos produzidos nesse período, através dos acessos público no blog e fanpage da revista. A distribuição da mídia física, cujo segundo número já está em produção, foi realizada também em eventos de tecnologia e comunicação por todo o páis e também no exterior.

Ao custo unitário de R$ 19,90, incluindo o cardboard, a edição nº 1 ainda pode ser encontrada em bancas de jornal especializadas em tecnologia ao longo da avenida Paulista, em São Paulo, e no site da editora. Outras opções de aquisição incluem diferentes aparatos para a imersão interativa dos conteúdos da publicação e do site.

Compre a revista Mundo360
Acompanhe a Mundo360 no Facebook e no Twitter.